A PARABOLA DO TRIGO E DO

JOIO


bgjnejr

Yeshua (Jesus) fez um midrash (uma narrativa) a respeito de Seu futuro reino, na forma de uma parábola, dizendo aquilo que ficou conhecido como a parábola do Trigo e Joio e está em registrada nos Ketuvim Netsarim (NT) em Mt. 13: 24- 30.
É interessante o que vamos observar. Os discípulos não compreenderam esta narrativa de Yeshua (Jesus), até que Ele próprio expôs o significado. Todos os símbolos aqui apresentados são explicados em detalhes, mais à frente, dentro do mesmo capítulo. Antes disso, porém, convido a refletirmos sobre aspectos, aqui neste texto, que facilitarão explorar o assunto. Reino dos céus: Yeshua (Jesus) fala do reino dos céus, o mesmo que os discípulos anunciavam. Homem que semeia: Aquele que sai lançando a semente boa. No seu campo: A semente é lançada dentro do campo pertencente a este homem. O inimigo: O qual, aproveitando-se do sono dos servos, vem e semeia o joio.
Servos: Aqueles que trabalham no campo e que querem arrancar a má semente, que não foi plantada com o trigo. Ceifa: Não autorizados a arrancar o joio até o tempo da colheita, os ceifeiros são instruídos a esperar. Ceifados: Primeiro o joio. Somente depois o trigo é levado ao celeiro. Agora então estamos prontos para considerar a explicação de Yeshua (Jesus) sobre esta parábola, que lemos em Mt. 13: 36- 43. Analisaremos juntos, a seguir, a explicação sobre esta parábola expressa pelo Senhor. O semeador da boa semente: É o Filho do Homem, que veio para semear o evangelho do reino. O campo: O campo é o mundo em que vivemos.
A boa semente: O trigo, ou seja, os filhos deste reino anunciado por Yeshua (Jesus). O joio: São os filhos do maligno, que vivem neste mundo, mas que desobedecem a Deus. O inimigo: O diabo, que semeou o joio no mundo e retirou-se, contaminando o campo. Ceifa: O fim do mundo.
Ceifeiros: São os anjos.
Preste bastante atenção nos versos 40 e 41 e responda: Yeshua (Jesus) manda os ceifeiros a este mundo para colher o que, a fim de serem destruídos? Resposta: o joio, ou seja, os filhos do maligno. De onde os anjos colhem a má semente, os filhos do maligno? Resposta: do Seu reino, ou seja do Seu campo. onde plantou a boa semente, os filhos do reino. Onde os justos resplandecem?
Resposta: Neste reino. Neste campo. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça! Que planta não foi plantada por Deus? Que planta será arrancada? Resposta: O joio não é planta de Deus e não pode permanecer no campo de Yeshua (Jesus). Lembre-se que os servos disseram: "Não semeaste tu no TEU CAMPO boa semente?"
"Ele, porém, respondendo, disse: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada." (Mt. 15:13)
Aqui novamente Yeshua (Jesus) fala da planta não plantada por Deus, e o fim trágico do joio. "Porque o SENHOR ama o juízo e não desampara os seus santos; eles são preservados para sempre; mas a descendência dos ímpios será desarraigada. Os justos herdarão a terra e habitarão nela para sempre." (Sl. 37:28,29)
DUPLA FUNÇÃO DOS ANJOS
Os anjos de Deus, neste midrash ceifeiros do Reino, desempenham importante ação na volta de Yeshua (Jesus). Yeshua nos fala desta tarefa a ser executada pelos anjos. Acompanhe o que dizem os versos de Mt. 13:41, 47- 50.
Os anjos de Deus farão separação entre os justos e maus, ao destruírem do reino de Yeshua, os que causam escândalo e cometem iniquidade. Leia os textos: Mt. 24:27, 28; Lc. 17:37.
Yeshua faz alusão aos anjos, como sendo águias numa atividade de extermínio e limpeza do mundo, ao mesmo tempo em que separam a boa semente, ou os filhos do reino.
LEVADO E DEIXADO: Quem?
Na vinda de Yeshua, quem será levado e quem será deixado? Yeshua (Jesus) nos responde!! Leia Mt. 24:35- 44 No texto acima Yeshua explana como acontecerá na Sua vinda. O que parece fácil, mas merece uma atenção especial a alguns detalhes. Vejamos: Dia e hora: Ninguém sabe, exceto Deus. Alguns se aventuram ainda hoje contra o que disse Yeshua (Jesus), tentando fazer previsões. A vinda: Será como foi nos dias de Noé (com relação ao modo de vida das pessoas) Não perceberam: Os ímpios comiam, bebiam, casavam e estavam desapercebidos.
Os levou a todos: O dilúvio levou os maus homens; levou-os à destruição. Quem será levado?: Assim também será a vinda do Filho do Homem; da mesma forma como foram levados os que estavam desapercebidos, serão levados os ímpios.
Dois no campo: Quem será levado? O que estiver salvo? Não! Mas sim o que estiver desapercebido, pois assim ocorreu no dilúvio. Duas no moinho: Será levada a ímpia, e será deixada a mulher justa. É necessário estar preparado!!
ESTAR COM YESHUA (JESUS)
Alguns textos da Bíblia são mal interpretados. Há tentativas de dar idéia de que Yeshua (Jesus) teria feito promessas diferentes aos salvos. Leia em Jo. 7:32- 36.
Analise junto comigo o texto abaixo:
"Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Eu retiro-me, e buscar-me-eis e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou não podeis vós ir. Diziam, pois, os judeus: Porventura, quererá matar-se a si mesmo, pois diz: Para onde eu vou não podeis vós ir? E dizia-lhes: Vós sois de baixo, eu sou de cima; vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo." (Jo 8: 21- 23)
Observe que os judeus de Seus dias não sabiam para onde ia Yeshua (Jesus). Pensavam que iria, quem sabe, para os gregos, por isso se questionavam para onde iria o Senhor, de forma que não poderiam seguí-Lo.
Yeshua (Jesus) diz que eles são de baixo, e que Ele é de cima.
"Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco. Vós me buscareis, e, como tinha dito aos judeus: para onde eu vou não podeis vós ir, eu vo-lo digo também agora. Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, para onde vais? Jesus lhe respondeu: Para onde eu vou não podes, agora, seguir-me, mas, depois, me seguirás. Disse-lhe Pedro: Por que não posso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida. Respondeu-lhe Jesus: Tu darás a tua vida por mim? Na verdade, na verdade te digo que não cantará o galo, enquanto me não tiveres negado três vezes."
Mas, neste texto acima escrito em João 13:33-38, com quem Yeshua (Jesus) falava? Você acertou! Com seus discípulos.
Da mesma forma que tinha dito aos judeus que não criam, agora Yeshua (Jesus) se dirige a seus discípulos, dizendo que para onde Ele ia, os discípulos também não poderiam seguí-lo. Alguém poderia dizer: "Sim, mas não o seguiriam naquele momento!", e isso é certo.
Sabia Pedro para onde Yeshua (Jesus) iria? Não!!! O que Pedro queria então?
Seguir a Yeshua (Jesus): Os discípulos queriam seguir a Yeshua, não obstante o fato de não saberem para onde iriam. Isso é importante na compreensão do assunto, pois aqui não estava em questão o destino Dele, mas a companhia de Seus seguidores, que não queriam a separação. Yeshua disse: "depois me seguirás".
"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também." (Jo 14: 1- 3)
Uma vez estudado o contexto, fica mais fácil entender o texto. Os discípulos estavam preocupados porque Yeshua dizia que iria deixá-los. Eles já estavam acostumados com a companhia do Mestre. Yeshua (conforta-os dizendo que na casa do Pai havia muitas moradas. Que Ele voltaria e os levaria para Si mesmo, para que estivessem juntos novamente. Os discípulos estavam desejosos de andar sempre com Yeshua. No futuro, será tempo disso, conforme a profecia assegura:
"E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que em sua testa tinham escrito o nome dele e o de seu Pai. E ouvi uma voz do céu como a voz de muitas águas e como a voz de um grande trovão; e uma voz de harpistas, que tocavam com a sua harpa. E cantavam um como cântico novo diante do trono e diante dos quatro animais e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram comprados da terra. Estes são os que não estão contaminados com mulheres, porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vai. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro. (Ap. 14: 1- 5)
Sim, assim estarão os discípulos, a quem Yeshua confortou. Novamente com o Mestre; novamente seguindo ao amado Rei, onde quer que Ele estiver, no futuro domínio de justiça e paz.
Congregação Israelita da Nova Aliança
A Congregação do Primeiro Século Resumo dos acontecimentos do Éden à vinda do Messias



SIGA - NOS